4 curiosidades sobre o café gourmet que você precisa saber

Posted on

Conhecido por renovar as energias, o café é uma bebida muito popular no Brasil. Nos dias hoje, beber café tornou-se um hábito para quem quer ser mais produtivo no trabalho, nos estudos e em muitas outras atividades, seja de dia ou de noite.

Mas os benefícios do café vão além de trazer mais energia para quem o consome. Por esse motivo, o café é considerado uma planta medicinal em algumas regiões do mundo. Algumas das vantagens de consumir café são:

  • Ajuda na digestão;
  • Ação antioxidante;
  • Alivia o stress;
  • Previne o câncer;
  • Ajuda no controle da diabetes;
  • Auxilia no tratamento da depressão;
  • Faz bem ao coração.

Incrível, não é mesmo?

Leia também: Descubra as cervejas artesanais de Paraty, no litoral do Rio de Janeiro

A produção brasileira e o café gourmet

O Brasil é responsável por um terço da produção de café de todo o planeta. Isso faz do país o maior produtor de café do mundo. Contudo, o modo de produção e a forma como os grãos são colhidos influencia diretamente na qualidade da bebida que chega às mesas dos consumidores brasileiros.

Essa é uma das razões do sucesso do café gourmet. Reconhecido por seus rígidos controle de qualidade desde a seleção dos grãos até o último estágio da produção, a bebida tem como principal missão agradar aos paladares mais exigentes.

Quer aprender as diferenças entre o café comum e o café gourmet? Confira a seguir 4 curiosidades sobre o café gourmet que você precisa saber:

1. A origem do café gourmet

A produção de café gourmet começou no início da década de 2000, e seu reconhecimento no Brasil se deu em 2004. As regiões que concentram a maior parte da produção nacional são Minas Gerais — especialmente a região sul do estado — e São Paulo. Porém, é na região baiana de Piatã que é produzido o melhor café gourmet do Brasil.

A produção do café premium representa, hoje, 5% da produção total de café, e tem apresentado crescimento médio de 15% ao ano.

2. Grãos selecionados

Para ser classificado como gourmet, o café precisa preservar e apresentar características do grão verde. Além disso, os grãos selecionados não podem apresentar imperfeições.

Além disso, os grãos gourmet são constituídos de café 100% arábica, espécie cultivada em altitudes elevadas e que, por essa e outras razões, confere qualidades especiais à bebida produzida, como o aroma único, o sabor encorpado e o equilíbrio na acidez.

A margem mínima aceitável para que a safra passe pela inspeção é conter apenas 10% de grãos pretos, verdes ou defeituosos.

3. Como aproveitar melhor o sabor do café gourmet

 

Os degustadores profissionais de café usam técnicas para aproveitar todo o sabor, corpo e aroma que a bebida oferece. A primeira delas é limpar o paladar com água fresca antes de ingerir o café. Essa prática ajuda a acentuar o sabor original da bebida.

Outro aspecto importante é a temperatura ideal para ingerir a bebida. Até mesmo o café tradicional atinge seu verdadeiro potencial em termos de sabor quando consumido na temperatura certa. Com o café gourmet acontece o mesmo.

A temperatura adequada para o consumo do café gourmet é de 35º.

Te recomendamos: Culinária vegana: o prazer de viver grandes experiências gastronômicas

4. A certificação de café de alta qualidade

Além de apresentar todas essas características que tornam o café gourmet especial, cada safra passa por uma rigorosa inspeção. O selo de certificação é imprescindível para que o café seja considerado verdadeiramente premium. O processo é semelhante ao realizado na certificação de cervejarias artesanais.

A Associação Brasileira da Indústria de Café (ABIC) é o órgão responsável pela certificação, que leva em conta condições de plantio, colheita, seleção de grãos, secagem e torra. Para receber o certificado de café gourmet, a safra deve receber um conceito mínimo de 7,3 em uma escala que vai até 10.

A conclusão é que não basta apenas ter a palavra gourmet na embalagem do café. Há muitos critérios para que um café seja reconhecido como gourmet, e são esses detalhes que possibilitam a chegada de um produto de alta qualidade nas mesas dos apaixonados por café do Brasil e de todo o mundo.

Agora você já sabe tudo sobre a produção do café gourmet, assim como a sua origem, compartilhar essas curiosidades com seus amigos que também procuram viver experiências inesquecíveis!